II Manifesto – Comunicação e Artes apresenta: Jornalismo de moda com Ludmilla Rangel e Fabíola Paiva

Por Ranier Alves

Se é verdade que o corpo fala, na linguagem silenciosa da Comunicação não-verbal, a moda representa a diversidade desta linguagem, a moda fala de politica, de comportamento, de identidade étnica e cultural, além e claro de marcar transformações sociais.

Na década de 1960, André Courréges introduziu as calças compridas para as mulheres como um item de moda. Tinha início à era do Jeans e da pantsuit, e o começo da libertação feminina das pesadas e desajeitadas saias e anáguas.

Atualmente a moda faz frente na defesa de causas como liberdade de gêneros, e para além disso se transformou em uma indústria multimilionária o que reforça seu papel e influência na sociedade contemporânea.

As jornalistas de moda especializadas em comunicação digital e criadoras do site fashionistando.com, Ludmilla Rangel e Fabíola Paiva ministram a palestra Jornalismo de Moda, e falam sobre essa modalidade comunicacional, quem se encontra em destaque no mercado, por ser flexível e de alta adesão as novas tecnologias a modalidade oferece espaço a jovens e promove o empreendedorismo. É o que você confere agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *